Capítulo 4: Como Receber a Graça

 

 

Uma das declarações mais profundas da Bíblia está contida na oração do Senhor, "Que sua vontade seja feita aqui na terra como no céu." (Mateus 6: 9-13). Somos ensinados a pedir que a vontade de Deus seja feita na terra, e é muito claro que que a vontade de Deus é feita no céu.

 

Se a terra é um campo de treinamento para Deus nos ensinar sua vontade, somos dois grupos: os que querem aprender e os que se recusam a ouvir, insistindo que as coisas sejam feitas à sua maneira.

 

Se as pessoas fossem forçadas a fazer a vontade de Deus, isso as encheria de animosidade? Se a animosidade não for permitida no céu, é provável que os presentes desejem a vontade de Deus.

 

Alguns têm isso no fundo de suas mentes naquele pequeno probabilidade de que Deus exista, a salvação pode ser obtida por "ser bom". Quando nossa natureza humana promove o fracasso, podemos ficar consternados e com raiva de rejeitar Deus. Então, por que essa falha ocorre? Os indivíduos que carregam esse fardo dependem de si mesmos, em vez de perceberem que Deus está vivo.

 

Um relacionamento com Deus é um presente. Deus nos deu a liberdade de escolher. O presente não é imposto a nós. É preciso pedir. (Efésios 2: 7-9) Esse presente não é dado de ânimo leve, pois foi pago através do filho de Deus, Cristo Jesus, que foi à cruz. Para aqueles que aceitaram esse presente, ele nos oferece momentos na presença do Espírito Santo (João 14: 15-21), e estar na eventual presença de Deus pela eternidade.

 

A experiência de Deus requer um passo para o desconhecido além de simplesmente pedir perdão. Requer arrependimento, o que inclui o desejo de se afastar do pecado.

 

Se seu coração ainda não conhece Jesus, este pode ser seu momento. Ele está à espera de seu consentimento para entrar em sua vida. Incline sua cabeça e dobre suas mãos com humildade. Rezar a seguinte oração é submeter seu coração diante de um Deus que o ama.

Querido Pai Celestial,

Coloquei uma vida inteira de egoísmo à frente de sua vontade e desejo abandonar meu pecado. Peço o seu perdão. Agora eu te dou toda minha existência, minhas esperanças, meus sonhos e minhas ambições. Por favor, seja meu "Senhor", para que eu possa me submeter aos seus desejos antes dos meus. Permita que sua vontade se torne minha motivação para o resto de minha vida.

Amém

Cada dia não é mais sobre você. Esta oração é o primeiro passo para abrir-se a um novo mundo de aprendizagem. Deus tem a paciência de reconstruir sua vida, no entanto, é necessário que você primeiro O deixe entrar. Ele não força, a escolha é sua.

*****

Alguns tendo renascer ou nascer de novo (João 3: 3-21), em tenra idade, não expressaram lembranças profundas do momento, de que sempre conheceram a Deus.

 

O outro extremo do espectro é que a experiência de nascer de novo é o momento mais pessoal e privado de sua vida. Esse momento pode incluir experimentar a presença do Espírito Santo pela primeira vez (Atos 8: 14-17).  Para muitos, é o momento em que passaram de Deus apenas sendo uma teoria para o conhecimento de que Deus existe.

 

Efésios 2: 8-9 declara: "Porque pela graça vocês foram salvos, pela fé - e isto não é de vocês mesmos, é o dom de Deus - não pelas obras, para que ninguém se glorie". (contexto completo)

 

Próximo Capítulo: A Bíblia e o Plano de Deus

Tabela de Conteúdos

Capítulo 1: Enfrentando Deus

Capítulo 2: A Bíblia e o Plano de Deus

Capítulo 3: O que é Oração?

Capítulo 4: Como Receber a Graça (página atual)

Capítulo 5: Perdoar a outros

Capítulo 6: Diante de nós mesmos

Capítulo 7: Oração Efetiva

Conclusão: Não se trata de pecado

 

Edição .pdf: Quando o livreto for exibido, considere a opção de salvar o download ou para uso contínuo.

 

Folhetos adicionais: realprayer.org